Principal A Rádio Notícias Programação Enquetes Contato
Notícias

26/01/2015 - Áudios mostram que traficantes da Capital dividiam lucros com líder preso

A Polícia Civil realizou nesta quinta-feira (22) a segunda operação em um período de quatro meses nos bairros Glória, Cascata e Morro da Embratel, com ações também na Vila Cruzeiro, em Porto Alegre, para prender traficantes que haviam se reorganizado após 36 prisões ocorridas em novembro do ano passado. Desta vez, 380 policiais prenderam mais oito integrantes de uma facção que gravou vídeo e publicou nas redes sociais para intimidar rivais e moradores.

LEIA MAIS
Polícia prende traficantes que gravaram imagens para intimidar rivais e moradores Polícia prende traficantes que gravaram imagens para intimidar rivais e moradores
Criminosos faziam segurança uniformizados em pontos de tráfico na CapitalCriminosos faziam segurança uniformizados em pontos de tráfico na Capital
Traficante tem casa com piscina e alçapão secreto e construía albergue para facção Traficante tem casa com piscina e alçapão secreto e construía albergue para facção
Alguns criminosos que faziam a segurança dos pontos de venda de drogas usavam até camisetas personalizadas para indicar que atuavam em determinada região disputada pelo tráfico e sob comando do líder Leonardo Ramos de Souza, o Peixe, enviado para presídio federal em Rondônia no ano passado. Áudios divulgados pela 19ª Delegacia da Capital revelam em parte como agia esta organização criminosa.

Em uma das gravações, os traficantes falam sobre envio de determinada quantidade de drogas por dia para uma boca de fumo e ainda se os seguranças estão precisando de rádio comunicadores:


Em outro áudio, descoberto com a apreensão de celulares de integrantes do grupo, aparece uma traficante preocupada com o tipo de armamento usado em um ponto de venda. Ela ainda sugere a mudança do local devido ao fato de que uma viatura estaria rondando o bairro Cascata e o bairro Glória:


Na última gravação, traficantes conversam entre si sobre deixar uma parte do lucro obtido para o líder Peixe, que está em presídio federal em Porto Velho:


Operação Revenge
A operação deflagrada nesta quinta-feira na Zona Leste e na Vila Cruzeiro contou com 380 policiais e teve como objetivo coibir novamente o tráfico de drogas na região. Isso pelo fato de que, após operação realizada no final do ano passado — quando 36 traficantes foram presos e descobriu-se que o líder Peixe tinha uma mansão com alçapão para piscina —, os criminosos voltaram a agir logo em seguida.

Os criminosos inclusive gravaram um vídeo há três meses para intimidar facção rival e moradores. Eles aparecem usando armamento pesado e dizendo que voltaram a agir na região. Todos foram identificados. Foram cumpridos ao todo 54 mandados de busca e nove de prisão temporária nesta quinta.

Ferreira diz ainda que um "braço direito" do traficante Peixe foi preso há alguns dias pela Brigada Militar. Pouco antes, na zona norte da Capital, ele trocou tiros com agentes da 19ª Delegacia. O criminoso fugiu, mas abandonou no local do confronto um veículo blindado que foi apreendido.

Durante a investigação de pouco mais de três meses, a polícia diz que a quadrilha expulsou vários moradores da Glória e do bairro Cascata de suas casas. Em um dos casos, a vítima procurou os policiais e registrou ocorrência. O morador teve de abandonar a região de qualquer forma, mesmo com a ajuda da polícia. Os traficantes souberam do registro da ocorrência e incendiaram a residência.

Link: Clique aqui

Últimas notícias

03/03/2015 | Governo suspende por 60 dias resolução sobre placas de veículos no padrão do Mercosul
30/01/2015 | Obra do Salgado Filho que custou mais de R$ 30 milhões à Infraero terá de ser refeita pela Fraport
29/01/2015 | Em época de Páscoa, traficantes vendiam trufas e ovos de chocolate com maconha pela internet
27/01/2015 | EUA isentam Brasil, União Europeia e outros países da tarifação sobre aço e alumínio
26/01/2015 | Áudios mostram que traficantes da Capital dividiam lucros com líder preso
Radio Educadora - 1400 AM