Principal A Rádio Notícias Programação Enquetes Contato
Notícias

19/12/2014 - Verão será mais chuvoso e menos quente no Estado em 2015

Nem tão quente, nem tão seca. A estação que começa às 21h03 de domingo (21 de dezembro) será marcada por temperaturas mais amenas e maior incidência de chuvas que o último verão, quando o calor bateu recordes em todo o Brasil. A mesma Porto Alegre que registrou média de 30ºC entre meados de janeiro e fevereiro deste ano deve ver os termômetros na casa dos 25 ºC no mesmo período do ano que vem. No Litoral Norte, não deve ser diferente.


Se a notícia representa um alívio para quem fica na Capital, pode ser uma decepção para aqueles que passarão os finais de semana e férias nos litorais gaúcho e catarinense. Não se espante caso o tempo bom da semana inteira se converta em um domingo chuvoso: a expectativa é de precipitações irregulares ao longo do primeiro trimestre, espalhadas por todo o Estado.

Não que o verão será um estação menos quente, mas nada que se compare ao início de 2014. As máximas de até 40,6°C — temperatura registrada na Capital em 6 de fevereiro —, darão lugar à previsão de dias com 2 graus centígrados abaixo da média em fevereiro e março, época em que a chuva também passa a marcar maior presença.

Maio foi o mês mais quente no planeta desde 1880
Descubra como sobreviver ao calor sem ar-condicionado
Verão mais ameno sucede ano com recordes de calor
Não causa estranheza que essa previsão venha depois de um ano em que, durante quase todos os meses, jamais tenha sido registrado tanto calor no mundo inteiro? O professor de Climatologia na Unisinos Aníbal Gusso esclarece que um ano mais quente que o outro não necessariamente representa uma mudança climática definitiva: o excepcionalmente quente e seco 2014 pode muito bem ser sucedido por meses menos tórridos.

Somente se fugissem por bastante tempo do desvio padrão aceitável, conforme o professor, é que precisaríamos nos preocupar com verões sempre mais quentes. Casos pontuais como o deste ano não são considerados bons parâmetros: é esperado que variações continuem acontecendo com frequência.

As condições que levaram à ocorrência do calor atípico não devem se repetir em 2015. Segundo o meteorologista Alexandre Nascimento, do Climatempo, o último verão foi extremamente quente porque um "superbloqueio" oceânico impediu que, entre dezembro e fevereiro, as frentes frias se espalhassem pelo Brasil. Assim, a temperatura foi subindo muito durante vários dias consecutivos, chegando a extremos de temperatura. Em Joinville (SC), os moradores chegaram a experimentar sensação térmica de 57ºC, o que não deve se repetir nos próximos meses.

— Para a próxima temporada, teremos mais nebulosidade, mais chuva e calor abafado, mas sem extremos. É mais quente que o normal, mas não tanto quanto no ano passado — prevê Nascimento.

Detalhe ZH
Levantamento divulgado em outubro pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), agência americana que computa dados climáticos desde 1880, aponta que o ano de 2014 deve ser o mais quente já registrado no nosso planeta. À exceção de fevereiro e novembro, todos os meses do ano até agora bateram recordes como os mais quentes de que se tem notícia.

O verão no RS e no litoral de Santa Catarina

Janeiro
O início do ano deve ser marcado por temperaturas dentro da média — cerca de 25ºC, em Porto Alegre — e chuvas esparsas, porém intensas, em todo o Estado. As precipitações devem ser menos frequentes no Norte, e o Oeste deve ter dias mais quentes do que o Litoral.

Fevereiro
Contrapondo o mês anterior, fevereiro deve vir com menos chuva e mais calor no Rio Grande do Sul e no litoral de Santa Catarina. As temperaturas ficam um pouco acima da média para o mês nos dois Estados. Será um mês típico de verão, mas menos quente do que em 2014.

Março
Assim como janeiro, março também deve ser chuvoso. A previsão é de um mês de temperaturas mais amenas. A média deve ficar entre 22ºC e 23ºC — 2ºC abaixo do registrado habitualmente. O volume de chuva é entre 10 mm e 25mm maior do que neste ano.

Link: Clique aqui

Últimas notícias

03/03/2015 | Governo suspende por 60 dias resolução sobre placas de veículos no padrão do Mercosul
30/01/2015 | Obra do Salgado Filho que custou mais de R$ 30 milhões à Infraero terá de ser refeita pela Fraport
29/01/2015 | Em época de Páscoa, traficantes vendiam trufas e ovos de chocolate com maconha pela internet
27/01/2015 | EUA isentam Brasil, União Europeia e outros países da tarifação sobre aço e alumínio
26/01/2015 | Áudios mostram que traficantes da Capital dividiam lucros com líder preso
Radio Educadora - 1400 AM