Principal A Rádio Notícias Programação Enquetes Contato
Notícias

15/12/2014 - Sartori anuncia nesta segunda novos nomes que devem integrar secretariado

Está prevista para ocorrer na manhã desta segunda-feira a segunda rodada de anúncios dos escolhidos pelo governador eleito José Ivo Sartori para integrar o primeiro escalão do Palácio Piratini. A tendência é de que sejam revelados quatro nomes oriundos dos aliados do PP e PDT. Também é possível que o secretário da Segurança, um delegado de Polícia Federal, seja oficializado.

O anúncio será feito por Sartori, que passou o final de semana em Caxias do Sul. Ele estará acompanhado pelos futuros secretários. Na última sexta-feira, em conversa com o presidente do PP, Celso Bernardi, o governador eleito confirmou que havia batido o martelo para as indicações dos deputados estaduais progressistas Pedro Westphalen, para os Transportes, e Ernani Polo, para a Agricultura. Sartori ainda informou que iria contatar os dois por telefone no final de semana para oficializar os convites.

Se os nomes do PP estão definidos, no PDT ainda há incerteza. O deputado federal Vieira da Cunha deve ficar na Educação, mas para Obras, Saneamento e Habitação segue a dúvida entre Gerson Burmann e Eduardo Loureiro.

– A preferência do Sartori é pelo Loureiro. Ele só não vai ser secretário se não quiser – detalhou uma liderança do PMDB.

Delegado federal faz parte da lista

Para a Segurança, o governador eleito indicará um delegado da Polícia Federal. Secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame foi consultado e apontou sugestões. É possível que Sartori faça um novo anúncio de secretários terça-feira. Os acertos precisam ser feitos até quarta-feira, quando terá de ser enviado à Assembleia, em regime de urgência, o projeto de lei que desenha a estrutura do secretariado.

Os nomes do PSB e do PSDB devem ser os últimos a serem anunciados. Os socialistas, cotados para ocupar a pasta do Desenvolvimento Rural e indicar Miki Breier para o Trabalho, estão insatisfeitos com o espaço ofertado pelo governador eleito. Alegam que foram aliados de primeira hora, sustentando a campanha financeiramente quando Sartori ainda estava longe de decolar na intenção de voto dos gaúchos.

– O Beto (Albuquerque) está batendo forte. E com razão. O Sartori terá de se acertar com o PSB. Se eles vão ter só duas secretarias, terão de ficar com a presidência de alguma estatal – afirma um peemedebista do alto escalão da sigla.

O PSDB foi convidado por Sartori para assumir a Secretaria de Minas e Energia, tendo como representante o deputado estadual Lucas Redecker. Os tucanos, contudo, desejam outra pasta e alegam que Minas e Energia, depois de ser desmembrada dos Transportes, ficou esvaziada.

Equipe em formação

Nomes já confirmados

Casa Civil: Márcio Biolchi (PMDB)
Fazenda: Giovani Feltes (PMDB)
Secretaria-Geral: Carlos Búrigo (PMDB)

Devem ser anunciados nesta segunda

Transportes: Pedro Westphalen (PP)
Agricultura: Ernani Polo (PP)
Educação: Vieira da Cunha (PDT)
Obras, Saneamento e Habitação: Eduardo Loureiro (PDT) ou Gerson Burmann (PDT)



Link: Clique aqui

Últimas notícias

03/03/2015 | Governo suspende por 60 dias resolução sobre placas de veículos no padrão do Mercosul
30/01/2015 | Obra do Salgado Filho que custou mais de R$ 30 milhões à Infraero terá de ser refeita pela Fraport
29/01/2015 | Em época de Páscoa, traficantes vendiam trufas e ovos de chocolate com maconha pela internet
27/01/2015 | EUA isentam Brasil, União Europeia e outros países da tarifação sobre aço e alumínio
26/01/2015 | Áudios mostram que traficantes da Capital dividiam lucros com líder preso
Radio Educadora - 1400 AM